Análise

  Sem palavras ditas. Apenas no imo da alma, a sua canção me agita. Um terremoto ou é apenas a paixão que me estremece do peito afora, causando alegrias e suas poesias? A reflexão se dá primeiramente por mim, meus sentimentos. Amar o próximo somente depois de minha conclusão sentimental, um experimento à obtenção da certeza. Sem remorsos desde então. Se é assim, amar você deixou de ser dedução.

1 comentários:

HAROLD QUISPE disse...

Una lluvia salada en el alma, un trozo de papel en las manos...un poema y nada más...amar es complicado, pero más difícil es intentar no amar a alguien...